Arquivo por Autor

“Foi Ret-Talus, o Lorde do Reino dos Mortos, quem encontrou a primeira Pedra de Invocação. A pedra concedeu seus poderes ao rei de coração-escuro, transformando-o no primeiro dos Summoners. Por mil anos, Ret-Talus permaneceu incontestável enquanto ele e seus guerreiros provocavam estragos no mundo de Itharia. O poder da pedra era tão grande que, mesmo com o desafio de exércitos completos do mundo inteiro, Ret-Talus permanecia invencível.

Foi só quando Dane Lightbringer descobriu a segunda Pedra de Invocação, que o reinado de Ret-Talus foi posto em cheque. A descoberta de uma segunda pedra trouxe esperança ao povo de Itharia, não só porque agora o poder de Ret-Talus poderia ser contra-atacado, mas também porque isso provava que a Pedra de Invocação não era única. Se haviam duas, com certeza existiriam mais. Todas as facções de Itharia voltaram seus forças em busca de sua própria Pedra de Invocação.

Mais pedras foram descobertas, e mais Summoners surgiram, mas os Summoners de Itharia não foram capazes de se unir contra o inimigo comum, e deixaram rivalidades antigas e o desejo pelo poder das pedras virarem uns contra os outros. E foi assim que começou… The Summoners Wars!”

A caixa da edição brasileira, incluindo a facção extra Elfos da Selva.

Assim é descrito o cenário de campanha deste maravilhoso cardgame trazido ao Brasil pela Galápagos Jogos. Aos que não acompanharam a saga deste poderoso lançamento, ele foi concebido através de financiamento coletivo – onde o público investe dinheiro no projeto, ajudando-o a ser efetivado. O grande prestígio do jogo no exterior e a credibilidade conquistada pela Galápagos através de seus jogos anteriores, tornou esta receita, arriscada de início, um super sucesso. Para se ter ideia do triunfo conquistado nesta empreitada, nos primeiros cinco dias do financiamento, o projeto arrecadou 50% do recurso necessário para o lançamento! Ao final do processo, foram arrecadados um pouco mais de 27 mil reais, financiados por cerca de 340 colaboradores.

Com a arrecadação bem acima da esperada, a empresa proporcionou ainda dois mega bônus aos contribuintes: o primeiro sendo uma carta do mercenário Khan Queso, que pode personalizar qualquer outra facção. O segundo – e melhor, na minha opinião – foi a confecção de uma nova facção que não estava prevista inicialmente: nada menos que os Elfos da Selva! Além disso, graças ao enorme êxito entre o público brasileiro, a primeira expansão já foi anunciada: Reino dos Mortos. A pré-venda seguiu bem acima da expectativa da Galápagos e foi igualmente um sucesso de público e crítica. Lançado oficialmente no World RPG Fest deste ano, o produto começou a chegar nas últimas semanas na casa dos compradores, o que já proporcionou centenas de comentários positivos por parte dos jogadores.

Confira abaixo um resumo do jogo, direto do site da Galápagos:

Summoner Wars é um ágil um cardgame de ação para 2 ou 4 jogadores. Aqui, os participantes assumem o papel de Summoners (invocadores): personagens mágicos que usam o poder de uma misteriosa Pedra de Invocação para liderar sua facção na conquista do devastado planeta de Itharia. Estes Summoners conjuram terríveis magias no campo de batalha, congelando inimigos e sugando seus poderes e energia. Eles conseguem até fazer chover fogo dos céus.

Mas o mais importante é que eles podem invocar uma grande horda de guerreiros de sua facção para o campo de batalha, para duelar em um combate mortal pela supremacia. Um Summoner é tanto um mago quanto um general, e deve combinar magias e táticas de guerra para derrotar seu oponente, que lhe aguarda do outro lado do campo de batalha.

O Set Inicial contém duas facções completas, prontas para guerra, colocando você e seu oponente dentro da amarga batalha por Itharia. Cada facção é uma raça ou civilização com seus objetivos secretos, dentre eles: Elfos com sede de vingança ou Goblins loucos por derramento de sangue que desejam apenas incendiar o mundo. O Set Inicial contém tudo que você precisa para jogar, incluindo um Tabuleiro de Batalha em papel, Marcadores de Ferimento, dados e um livro de regras.

O tabuleiro do jogo preparado para mais uma guerra entre a Guilda dos Anões e os Goblins da Caverna!

Esta é uma indicação pessoal de um produto que já nasce com todo o respaldo de ser um lançamento da Galápagos Jogos. Como consumidor, posso comprovar a qualidade dos jogos e a diversão garantida dos temas escolhidos. Da mesma forma, Summoner Wars chega ao Brasil dando uma aula de competência, seriedade e excelência conquistada pelo mercado nacional de cardgames e jogos de tabuleiro. Se você curte fantasia medieval e/ou gosta de um bom desafio de conjuração, adquira já este mega jogo e se divirta pra valer confrontando seus inimigos!

Mais detalhes em http://galapagosjogos.com.br/

Sérgio Magalhães

Quer demais este jogo!

Se você gosta de quadrinhos e não conhece este grande encontro realizado há cerca de 5 anos na Paraíba, reveja imediatamente seus conceitos! Criado como algo pequeno e sem maiores pretensões, o HQPB se tornou uma referência em se tratando, não só de quadrinhos, mas cultura pop/nerd em geral. Esta sexta edição, intitulada 6º HQPB: Quadrinhos, cultura pop na Paraíba, promete ser ainda mais grandiosa que as anteriores, levando em consideração o aumento significativo de atrações disponíveis ao público. Uma característica marcante deste encontro é a gratuidade do mesmo, conseguida graças a uma parceria providencial entre o Studio Made in PB (organizadores do evento) e a FUNESC (Fundação Espaço Cultura da Paraíba). Uma coisa louvável desta iniciativa – na minha humilde opinião – se refere à homenagem prestada todos os anos aos artistas da terra, pintores/ilustradores paraibanos sempre estão entre os convidados especiais, sendo este ano homenageado o cartunista e chargista Luzardo Alves.

Estarão presentes no 6º HQPB dois super convidados nacionais, com trabalhos reconhecidos entre as maiores empresas de quadrinhos do mundo. O primeiro trata-se de Will Conrad: mineiro que já trabalhou em diversos títulos, indo da Turma da Mônica, passando por Conan e Buffy, chegando aos heróis da Marvel. Inclusive, sendo por alguns anos ilustrador exclusivo do selo norte americano, passando por suas mãos personagens/equipes marcantes como Wolverine OrigensVingadores SecretosVingadoresMulher-HulkPantera NegraX-Men. Atualmente presta serviços à DC Comics e está diretamente envolvido no projeto dos Novos 52. Quer mais? O segundo convidado é Joe Bennet: paraense, apesar no nome tipicamente americano, que começou ilustrando títulos de terror e erotismo.  Sua porta de entrada na Marvel Comics foi através do personagem Ravage 2099, vindo mais tarde a trabalhar com Homem-Aranha, Vingadores, Conan, Namor, Elektra e Hulk – chegando a atuar ao lado de Alan Moore na revista O Supremo. Atualmente, é contratado exclusivo da DC Comics e também faz parte do projeto Novos 52.

No entanto, o HQPB não se restringe, nem de longe, a somente quadrinhos, embora estes sejam bem fortes dentro do evento. O público também poderá conferir diversas oficinas, palestras, concursos de cosplay e games, exposições de desenhos e action figures, apresentações musicais, torneios de cardgames e jogos de tabuleiro, dentre diversas outras atrações. Como não poderia deixar de ser, o RPG vai estar presente com força total no evento! O espaço será organizado pelo grupo ARENA RPG, com o apoio das editoras Retropunk e Redbox, e do site Paragons. No primeiro dia será realizado o RetroPunk Day, um evento nacional voltado exclusivamente aos títulos da editora. No mais, haverão dezenas de mesas pré-cadastradas que irão concorrer a super brindes, dentre elas uma mesa oficial de Old Dragon narrada pelo diretor de arte da Redbox editora: Dan Ramos. No entanto, fique atento, os narradores que quiserem concorrer aos prêmios do RetroPunk Day, devem se escrever previamente também no projeto DemoPunkers e cadastrar a narração no evento (para mais detalhes, basta acessar a página oficial do HQPB, no link adiante).

Se você gostaria de adquirir novos livros, dados, miniaturas ou mapas, fique atento. No espaço terão mesas de livros usados e produtos da Redbox à venda – oportunidade imperdível de adquirir os excelentes materiais da editora. O RPG dentro do evento, sempre foi um dos espaços mais fortes, atraindo uma horda de jogadores e curiosos, e isso não deve ser diferente este ano. Se você é da Paraíba, ou de outro estado e pretende conferir este encontro, não deixe de participar e incentivar seus amigos a participarem, especialmente, se eles ainda não conhecem o jogo. Estas oportunidades são raras – e excelentes – para se difundir o hobby e fazê-lo manter-se sempre em movimento e constante renovação. Parabéns aos amigos do ARENA e, desde já, desejo sucesso neste empreitada – sei bem o trabalho que dá!

O HQPB deste ano ocorrerá agora nos dias 08 e 09 de Setembro, no Espaço Cultural José Lins do Rego. Rua Abdias Gomes de Almeida, nº 800, Tambauzinho, João Pessoa – PB. Lembrando: entrada franca!

Ficou interessado? Então, confira abaixo a lista detalhada de atividades abaixo e o cartaz do evento:

Oficinas e Palestras: Sobre histórias em quadrinhos, maquiagem para cosplay, artes gráficas, e outros assuntos do gênero, ministrados por profissionais experientes da área, incluindo nossos convidados Will Conrad e Joe Bennett. Para a inscrição nas oficinas e palestra do 6º HQPB é necessário participar da “2ª Campanha de Doação de Alimentos do HQPB”, onde solicitamos a doação de 1kg de alimento não perecível. Tudo que for arrecadado será encaminha para uma instituição social escolhida por nós juntamente com a FUNESC. Os alimentos deverão ser entregue no ato de inscrição que será momentos antes da realização da atividade escolhida pelos interessados. Haverá uma ficha de inscrição que também poderá ser preenchida momentos antes da atividade elegida para registro e reserva da vaga. Acompanhei nossos informativos para saber mais sobre esta e outras atividades.

Sessão de Sketches: Com os desenhistas do Studio Made in PB e convidados, incluindo Will Conrad e Joe Bennett, fazendo esboços de personagens de quadrinhos, desenhos animados, filmes, entre outros, a pedido do público.

Área de Lojas: Com grande variedade de lojas em formato de estandes comercializando produtos voltados para a temática do evento.

Praça de Alimentação: Área para a venda e consumo de alimentos, com toda a infra-estrutura necessária para a comodidade do público.

Exposição de Desenhos: Tributo a Luzardo Alves, com uma exposição histórica de seus trabalhos e trajetória, e um espaço destinado aos cartuns, contendo ilustrações dos alunos e professores do Curso de Histórias em Quadrinhos da Escola Made in PB, com a temática “O Gravador de HQs”, expostas em painéis durante todo o evento, e livre para fotos.

Exposição de Figuras de Ação: Com diversas coleções de figuras de ação, incluindo miniaturas de dragões, de dinossauros, de veículos militares, de carros famosos de filmes, de personagens de filmes, de desenhos animados, de animes, da Marvel, da DC, de Star Wars, de Transformers, entre outros, expostas em vitrines durante todo o evento, e livre para fotos.

Exibição de Filmes e Animações: Auditório climatizado preparado com equipamento de áudio e vídeo próprios para exibições.

Concurso de Cosplays: Concurso de fantasias de personagens de animes, desenhos animados, vídeo games, quadrinhos, filmes e outras mídias. O mesmo será realizado diante do público e julgado por convidados especializados na área. Os vencedores receberão premiações.

Shows Musicais: Apresentações de bandas com interpretação de músicas de filmes, videogames e desenhos animados.

Atividades Interativas: Jogos que proporcionam uma maior socialização dos participantes com temáticas voltadas à proposta do evento. Entre as tarefas mais esperadas estão atividades em estilo flash mob, brincadeiras e gincanas.

Espaço Vídeo Games: Auditório climatizado com equipamento de áudio e vídeo, reservado para o público participar de torneios dos games Super Street Fighter IV Arcade Edition, Naruto Shippuden Ultimate Ninja Storm Generations, Mortal Kombat Komplete Edition e Street Fighter X Tekken, com organização da equipe da JOG – Jampa Original Games.

Espaço Playtoy Station: Local do evento com várias máquinas de Arcades, Videogames e Fliperamas clássicos e atuais.

Espaço Games Freeplay: Local selecionado dentro do evento onde o público poderá jogar gratuitamente games diferentes dos disponíveis no Playtoy Station.

Espaço RPG: Local reservado para o público participar de jogos lúdicos e de entretenimento, bem como conhecer novos jogos e trocar experiências, onde também ocorrerá o Retropunk Day, tudo com organização da equipe do Arena RPG.

Espaço Card Games: Local destinado aos jogadores de card games, incluindo freeplay e a realização de torneios de Magic: The Gathering e Pokémon Trading Card Game.

Espaço Arena de LARP (Live Action Role Play) e Swordplay: Freeplay e campeonatos de combates simulados, usando espadas de espuma em tamanho natural, totalmente seguras e inofensivas, realizados pelo Clã Renegados Swordplay

Espaço Musical: Local destinado a equipe que fará o som ambiente do evento. O evento contará com espaços abertos para grupos de dança frestep, shuffle, hardstyle, hip hop, street dance, entre outros, se apresentarem.

Prêmio Made in PB de Cultura Pop: Homenagem a um dos grandes profissionais paraibanos dos quadrinhos, Luzardo Alves.

2º Encontro Skynerd João Pessoa – Paraíba: Encontro entre os participantes da rede social do portal Jovem Nerd, a Skynerd, onde os participantes irão se encontrar para se conhecerem, confraternizar e participar de atividades como o Epic Nerd Fight e a Zona de Spoilers.

Ufa, muita coisa, hein? A galera dá Paraíba vem provando que um trabalho sério e comprometido só tende a crescer a cada ano. Como organizador, parabenizo já todos os envolvidos e espero que tudo corra bem. Admiro muito iniciativas como esta, que se mantém forte e crescendo uma edição após a outra.

Mais informações em http://hqpb.wordpress.com/

Sérgio Magalhães

Inveja boa de quem vai ao HQPB!

A Gen Con 2012, o maior evento de RPG e jogos de tabuleiro do mundo, mal acabou e já deixou o cenário dos jogos de interpretação em frenesi com sua tonelada de novidades e lançamentos. É a época do ano em que as maiores empresas de jogos do mundo promovem seus novos produtos, fazem testes de futuros projetos e movimentam a maior cena nerd do planeta: os Estados Unidos, óbvio.

Drizzt e sua leal companheira Guenhwyvar eram os guardiões da área da Wizards na Gen Con.

E para começar este evento épico, ocorreu como prévia nada menos que um painel intitulado The Future of Dungeons & Dragons, com a ilustre presença do presidente da Wizards of the Coast e da própria Gen Con, Peter Adkison e Greg Leeds, respectivamente. Como não poderia deixar de ser, o foco principal da conversa girou em torno do vindouro D&D Next e do que se pode esperar desta nova edição do RPG mais jogado no mundo. Durante o pronunciamento, foi afirmado que a fase playtest que atualmente está em curso deve durar ainda 2 anos! Diante disso, só teríamos uma versão definitiva do novo D&D em 2014, provavelmente no dia em que o sistema comemora seus 40 anos! Bela jogada de marketing, hein?

A segunda notícia que causou um verdadeiro alarde na comunidade RPGista, foi relacionada ao primeiro cenário que será reformulado nesta nova edição: nada menos que Forgotten Realms. A presença de Ed Greenwood, criador do cenário, na convenção, fundamentou a notícia que prometeu um enorme projeto de renovação em relação à este mundo que está entre os mais tradicionais em fantasia. Segundo o próprio autor, este novo trabalho sobre FR pretende “consertar” o cenário. Esta declaração, em especial, causou um grande tumulto entre os fãs da atual edição do mundo. Afinal, se eles vão consertá-lo, ele estaria errado, ou mal feito? Como se pode confiar em uma empresa que vende algo que não acha satisfatório e promete, poucos anos depois, mudar completamente sua proposta e lançar algo “direito”? São algumas das reflexões que explodiram em fóruns e sites mundo afora. Falando mais especificamente sobre esta fase de transição imposta a Forgotten Realms, ela se dará, de início, através de 6 romances, escritos cada um por grandes nomes da fantasia ligada ao RPG. Ao se pronunciar sobre estes novos livros, Grenwood afirmou que eles descreverão um grande evento,  com as mesmas proporções do Tempo das Perturbações e da Praga Mágica, mas com algumas diferenças, especialmente, porque envolverá uma guerra de proporções épicas. Este, será chamado The Sundering, algo como “O Rompimento”, “A Divisão” ou “A Queda”, em português.

E as novidades não param aí! Além destes pronunciamentos, os títulos e autores destes romances já foram divulgados, serão eles: The Companions (R.A. Salvatore), The Godborn (Paul S. Kemp), The Adversary (Erin Evans), The Reaver (Richards Lee Biers), The Sentinel (Troy Denning) e The Herald (Ed Greenwood). Ao longo dos livros deverá ser descrito este grandioso evento que mudará completamente a estrutura de Faerûn, mas, ao final destes, os personagens destes autores devem sair de cena e deixar a resolução dos problemas do cenário para serem solucionados pelos jogadores. Além dos romances, foi anunciado que Ed Greenwood e R. A. Salvatores estarão envolvidos na elaboração de duas aventuras para FR, e que ajudarão a definir o futuro do cenário de um determinado momento para frente!

Lolth reinou soberana na Gen Con 2012!

Bom, se você já está envolvido ou acompanhando o projeto D&D Next, pode ter ficado animado (ou não) com as novidades. Pelo menos, a WOTC parece finalmente ter aberto os olhos para a vontade dos jogadores e esteja tentando criar uma estratégia mais coletiva, ao invés da impositiva tradicional. O importante é que o projeto vem sendo trabalhado pelo público, o que deve diminuir a insatisfação e garantir novamente a hegemonia da marca, que vinha perdendo terreno a passos largos para os jogos “old school”.  Vamos aguardar se todo esse planejamento vai dar o resultado esperado.

Sérgio Magalhães

Só gosta de Forgotten Realms do AD&D…