Diário de Campanha: Jornada Pelas Cavernas Prateadas – 1ª Sessão (25/09/2010)

Fala, gente! Tudo beleza? Após um sábado totalmente dedicado ao RPG e boardgames (das 9 às 19 horas), me inspirei para escrever o diário de campanha da aventura que iniciei no muito bem sucedido, diga-se de passagem,  mini evento que nós do grupo Vila do RPG (com a participação dos grupos Joga Fortal e Dragon Fang ) realizamos nesse último sábado dia 25/09, em nosso já consagrado templo RPGístico, a Livraria Feira do Livro. Mais uma vez agradecemos ao Zimmer e à Mileide, além dos grupos já citados. Sem vocês, as coisas não teriam dado tão certo!

Gostaria também de agradecer aos jogadores da minha mesa: Sami, Auri, Emerson, Zimmer e Erivas. É sempre bom jogar com RPGistas que não pertencem às minhas mesas costumeiras. Apesar de vocês terem tirado muitos sucessos críticos e darem uma verdadeira surra nos meus pobres orcs, eu me diverti bastante.

Pois bem, como já dito anteriormente (vide o post Mini-evento na Livraria Feira do Livro), eu decidi mestrar em nosso mini evento a aventura Jornada Pelas Cavernas Prateadas, planejada para personagens de 5º nível. No entanto, devido ao pouco tempo de preparação que eu tive, acabei não construindo personagens. Mas, como eu já tinha personagens de 6º nível disponíveis (de Game Day anteriores), não houve problema. Tive apenas que fazer algumas alterações na aventura, para que os encontros se mantivessem desafiadores. Basicamente o que fiz foi incluir um encontro no início da aventura e turbinar os outros com monstros adicionais. Me aguardem, aventureiros, vocês não perdem por esperar!

A aventura deve durar duas ou três sessões, mas isso pode variar de acordo com o tempo gasto nos encontros. Quando terminar de mestrá-la, irei disponibilizá-la para download aqui no blog, juntamente com as fichas dos personagens utilizados. Então, vamos ao diário de campanha!

Os aventureiros

Torre – Forjado Bélico, Artífice 6, Leal e Benigno (jogador Sami)

Caewin – Elfa, Rastreadora 6, Bondosa (jogador Auri)

Holkarn – Halfling, Bárbaro 6, Benigno (jogador Zimmer)

Xandross – Humano, Guerreiro 6, Imparcial (jogador Erivas)

Naivara – Eladrin, Lâmina Arcana 6, Benigna (jogador Emerson)

PS: O jogador preferiu mudar o sexo do personagem para masculino, alterando seu nome para Naivar.

 

A aventura

A Fortaleza de Albura está em apuros! Na noite passada, um sacerdote kobold invadiu o local e roubou seu bem mais valioso: o Grimório de Albura. O conteúdo do livro é de vital importância na defesa da própria fortaleza e também das aldeias próximas. A perda do artefato é inestimável, pois a região é repleta de saqueadores orcs. Temendo pelo destino de seus protegidos, o lorde da fortaleza convocou os maiores heróis locais para explorar um complexo de túneis conhecido como Cavernas Prateadas e recuperar o Grimório de Albura.

Na manhã seguinte, um grupo de aventureiros já se mostrava presente na Fortaleza de Albura, tratando com o lorde local, Hauric. Durante a conversa, ele se mostrou extremamente preocupado com a segurança das aldeias locais, dependentes de seus homens e do Grimório de Albura. O lorde relatou como aconteceu o ataque da noite anterior e a distração causada pelos orcs, enquanto o sacerdote kobold invadiu sorrateiramente a fortaleza e afanou o livro. Apesar de estarem surpresos de como um kobold sozinho teve sucesso nessa tarefa, os heróis se preocuparam com tamanha astúcia da criatura. Os aventureiros se mostraram interessados em ajudar, mas alguns tiveram exigências.

Torre humildemente pediu permissão ao lorde para montar uma pequena escola de magia na fortaleza. Xandross, no entanto, se mostrou muito arrogante e exigiu ouro em troca de seus serviços como mercenário. Holkarn, Caewin e Naivar não pediram nada em particular, mas aceitaram compartilhar da recompensa de 200 moedas de ouro que o lorde  Hauric decidiu pagar ao grupo. Durante a conversa, Naivar lembrou ainda que as Cavernas Prateadas serviram de covil para Erithon, o Dragão de Prata, morto há vários anos. Como tal, o complexo de túneis deve abrigar o tesouro do dragão. Caewin atentou para que o grupo tomasse cuidado com os espíritos ancestrais que guardam o local, enquanto Holkarn concordou, lembrando do poder de tais espíritos em seu habitat natural. Ao final da conversa, lorde Hauric os forneceu um mapa da região, com a localização dos principais lugares do Vale Nentir, incluindo as Cavernas Prateadas.

Enquanto saíam, os heróis puderam perceber o quanto a moral dos soldados estava baixa, a maioria cabisbaixo e com uma expressão de angústia. Xandross resmungou sobre sua incompetência, enquanto Naivar tentou levantar o ânimo dos homens. Caewin, balbuciou que os espíritos da natureza deveriam ser acalmados para que a fortuna retornasse à fortaleza de Albura. Holkarn tentou demosntrar que eles poderiam confiar no pequeno halfling, pois sua coragem é bem maior que sua estatura. Torre, foi parado pelo sábio local, Glorinus, que pediu ao grupo um mapa das Cavernas Prateadas após a exploração do local. Após isso, o grupo finalmente partiu, em meio aos olhares esperançosos dos soldados da Fortaleza de Albura.

A caminhada dos heróis levou-os às fronteiras do Vale Nentir, ora cruzando  pequenos bosques, ora atravessando colinas escarpadas. Ao final de três horas de caminhada, o grupo encontrou uma estrada que acreditaram pertencer ao antigo Império de Nerath, mas que está em desuso há séculos, tendo se transformado em um caminho tortuoso de pedregulhos e cascalho. À beira da estrada, em um pequeno cemitério, os personagens avistaram um estandarte feito com ossos e penas, reconhecido por Torre e Naivar como um altar de Gruumsh, o odioso deus dos orcs. Holkarn, resmungando maldições contra essa odiosa raça, partiu contra o altar e o despedaçou com seus golpes. Xandross cuspiu, também praguejando contra aqueles selvagens e partiu para recolher os ossos e recolocá-los nas sepulturas abertas.

Subitamente, saídos das árvores próximas, quatro selvagens orcs se lançam contra os aventureiros! Eles entoam um grito de guerra em seu vil idioma e avançam brandindo seus alfanges de aparência maligna. Enquanto se preparam para o ataque, os heróis notam uma energia avermelhada se formando sobre suas cabeças, tomando a forma de um martelo espiritual que se choca violentamente contra o chão! Retumbando como um trovão, o martelo explode, espalhando uma onda de choque que derruba alguns deles. Após isso, os orcs investem com toda sua fúria! O combate que se segue é violento. Os heróis gastaram quase todos os seus poderes por encontro e alguns até mesmo os poderes diários. Eles notam que um orc trajado como um xamã espreita das árvores, dando suporte aos seus irmãos, curando-os e abençoando-os em combate. Diante disso, se concentram em eliminá-lo. Apesar do trabalho, o grupo conseguiu coordenar muito bem sua tática para obter a vitória contra os orcs lâmina do terror e seu líder favorito de Gruumsh.

Bem, galera, o relato da primeira sessão acaba aqui. Eu esperava que o jogo avançasse pelo menos até o segundo encontro, mas devido a vários fatores, não deu certo… Como passamos muito tempo no primeiro encontro, a aventura deverá ter mais uma sessão (ou duas, provavelmente), que já foi marcada para o próximo sábado (02/10). Curti muito o jogo e a cada sessão que mestro, me empolgo mais com o D&D 4ª edição. Com exceção dos vááários erros críticos que eu rolei, e dos vááários acertos críticos do Zimmer, tudo saiu muito bem. Mas, já diz o ditado, “azar no jogo, sorte no amor”. Espero que isso seja verdade, hehehehe… Enfim, até o próximo post! E vamos jogar RPG!

Dmitri Gadelha

Enfeitiçando meus dados para tirar números melhores na próxima sessão…

Esse post foi escrito ao som de Blind Guardian – Valhalla

A seguir, algumas fotos da minha mesa:

 

 

 

 

 

Anúncios

4 comentários sobre “Diário de Campanha: Jornada Pelas Cavernas Prateadas – 1ª Sessão (25/09/2010)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s