Dica de fim-de-semana: The Cape

Olá, companheiros RPGistas! Estou mais uma vez aqui para trazer pra vocês uma boa dica de entretenimento nerd.

Venho hoje falar de uma nova série baseada em vigilantes encapuzados, The Cape. Recém saída do forno, a série produzida pela NBC (a mesma de Heroes), narra o surgimento de um vigilante encapuzado e sua árdua batalha contra uma companhia corrupta e manipuladora. The Cape promete chamar atenção de todos os fãs do gênero supers com sua história e produção. Diferente da última produção da NBC (Heroes), que acabou se perdendo diante da enorme variedade de personagens e tramas, The Cape se concentra na trajetória de único herói sem poderes, mas com um variado leque de habilidades que incluem ilusionismo, hipnose, acrobacia e luta.

O protagonista da série é Vince Faraday. Filho de um delegado da cidade Palm City, ele seguiu a tradição de família e acabou se tornando um policial. Desgostoso com a onda de corrupção que assola a cidade e penetra até mesmo a polícia, ele sonha com um futuro melhor para a cidade e sua família. Toda noite ele lê para seu filho o gibi de um vigilante encapuzado chamado The Cape. O menino acaba fantasiando alguém assim para sua realidade, como um possível salvador de Palm City. Com a onde de assaltos, policiais corruptos e a aparição do vilão encapuzado Chess para assombrar  a cidade, o governo decide entregar o controle da sua corporação policial para uma megaempresa chamada ARK. No entanto, as coisas não saem tão bem quanto o esperado…

ATENÇÃO! SPOILERS A SEGUIR!

No dia em que o chefe de polícia ia entregar o controle da corporação para as empresas ARK, ele acaba sofrendo um atentado que  custa sua vida. Diante disso, nosso herói Vince é chamado por seu melhor amigo Marty para trabalhar nas empresas ARK. Aos poucos, nosso herói vai começando a pensar que a privatização da polícia talvez seja mesmo o melhor para sua cidade. Algum tempo depois, quando Vince Faraday estava em casa, imaginando se fez a coisa certa em se trabalhar para as empresas ARK, seu computador é invadido pelo blogueiro Orwell, famoso por delatar policiais corruptos. Orwell conta para Vince que Chess e as empresas ARK estão contrabandeando uma nova arma química junto com Dominic, o maior contrabandista de Palm City. Vince, junto com Marty, decide investigar as informações dadas pelo Orwell, mas acaba sendo traído por seu parceiro, que o entrega ao criminoso Chess. Chess arma uma cilada para colocar a culpa da morte do chefe de polícia em Vince e incriminá-lo.

Após escapar da cilada e iniciar uma fuga desesperada, Vince acaba sendo encontrado por um grupo de ladrões de banco denomidado Circo do Crime, uma organização criminosa que usa a arte circense para cometer seus delitos. O líder do Circo do Crime, Max Malini, conta para Vince como quebrou 92 ossos do seu corpo procurando a ilusão perfeita. Mas, Vince inconformado com tudo que aconteceu ultimamente em sua vida, pede para Malini ensiná-lo  a arte da ilusão.  Durante o treinamento, Malini entrega para Vince a vestimenta e os equipamentos que pertenceram ao grande ilusionista chamado Kozme, o Ilusionista Imortal. Usando essa capa feita de seda de aranha, mais forte Kevlar e mais fina que uma linha, Vince assume a alcunha de The Cape (o mesmo do gibi de seu filho), e começa a combater o crime em Palm City, buscando se vingar do vilão Chess e encontrar sua redenção.

FIM DOS SPOILERS!

Confira abaixo uma promo legendada da série:

Caso você seja um mestre e gostou da história e cenário de The Cape, existem várias formas de trazê-los para sua mesa de jogo. Lembre-se dos pontos fortes da série, como a corrupção policial e o surgimento de vigilantes e vilões encapuzados. Idéias para personagens não faltam. Os jogadores podem muito bem interpretar membros de um novo grupo de vigilantes encapuzados,  policiais lutando contra a corrupção da corporação, políticos em busca da limpeza do sistema, jornalistas em busca de desmascarar os poderosos… As possibilidades são extremamente variadas. Como sistema de regras, indico Mutantes & Malfeitores, que já é próprio para esse tipo de aventura e cenário. No entanto, lembrem-se que no universo de The Cape, os heróis não possuem super-poderes (pelo menos até agora), mas são hábeis de várias outras formas.

Enfim, amigos, essa foi minha dica de entretenimento nerd dessa semana. Até o próximo post com mais uma dica!

Emanuel Igor

Anúncios

6 comentários sobre “Dica de fim-de-semana: The Cape

  1. Ótima dica nerd! Adorei a ambientação. Eu já estava planejando mestrar uma aventura Supers em GURPS e com essa dica fica tudo mais fácil, porque não preciso me preocupar com Super Poder de ninguém.

    Continue dando dicas boas como esta que eu estarei aqui para ler.

    1. Valeu, Carlos! O Emanuel já está repleto de outras dicas nerds para trazer em seus posts. Que, por falar nisso, serão semanais. Então, anotem aí na agenda: toda sexta-feira teremos aqui no blog mais uma dica nerd do Emanuel!

  2. Eu assistí os dois primeiros episódios e achei péssimo. O roteiro é batido e fraco, as habilidades do cara são pra lá de forçadas e a ação meia-boca.

  3. Jogar com superheroes sem poderes abre e muito o leque de possibilidades!! Ótima dica apesar de eu já ter sabido antes da série através da TV a cabo.

    Pena que meus jogadores sempre resistem muito pra sair do D&D.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s