Mutantes & Malfeitores: Fichas e Cenário – A Liga Extraordinária 1602 – Parte 1

Salve, RPGistas! Meu nome é Alan “Imiril” e a partir de hoje  também estarei escrevendo aqui no Vila do RPG. Em meu primeiro post, apresento o material de uma campanha que recentemente iniciei usando o sistema Mutantes & Malfeitores em uma versão da Liga Extraordinária no cenário da saga 1602 da Marvel Comics.

Liga Extraordinária é um blockbuster filmado em 2003 e baseado numa Graphic Novel do mestre Alan Moore. 1602, por sua vez, é uma HQ criada pelo gênio Neil Gaiman, onde ele recria o Universo Marvel no ano de 1602.

Pois bem, essa adaptação/cenário é uma combinação da obra dessas duas lendas dos quadrinhos. Na Liga Extraordinária 1602 os jogadores vão interpretar grandes personagens da literatura reunidos pelo Viajante do Tempo sob as ordens da Rainha Elizabeth I, para combater um grande mal que ameaça destruir toda a Europa.

O sistema escolhido para tal empreitada foi o Mutantes & Malfeitores e a seguir vocês podem encontrar as fichas de quatro personagens que podem ser usados como jogadores durante a aventura.

Sweeney Todd, o Barbeiro Maligno

“Havia um barbeiro e sua esposa, e ela era linda. Um barbeiro tolo e sua esposa, ela era sua razão e sua vida, e ela era linda, e ela era virtuosa e ele foi ingênuo. O outro era o homem que viu que ela era linda um cumpridor abutre da lei, que com um gesto de sua garra removeu o barbeiro do seu lugar. Então, não restava mais nada a não ser esperar, e ela ia cair, tão macia, tão jovem, tão perdida e oh, tão linda.”

Benjamin Barker era um proeminente barbeiro em Paris, casado com uma belíssima jovem. Sua vida teria sido tranquila e feliz não fosse a intromissão do maligno juiz Turpin que usando de ardis e ciladas conseguiu exilar Benjamin para a distante Austrália. Depois disso Turpin casou com Lucy (esposa de Benjamin) e também ficou com sua filha Johanna. Quinze anos depois Benjamin retornou à Paris sob a alcunha de Sweeney Todd e deu início ao seu plano de vingança contra Turpin. Extremamente habilidoso com suas navalhas – que para ele são extensões de seus braços – psicologicamente abalado, frio e calculista Sweeney só tem olhos para sua vingança.

O Monstro de Frankenstein

Diante de tanta incompreensão e injustiça, tangido pela revolta, assassinei criaturas inocentes, que nem mesmo sabiam da minha existência. Lancei meu criador, digno, em todos os sentidos, do amor e admiração dos homens, aos meandros da mais completa desgraça. Aqui está ele, na brancura e frieza da morte. Por mais execrado que eu seja, nada iguala o desprezo que sinto por mim mesmo.

Victor Frankenstein era um promissor estudante de alquimia e ciência naturais. A morte de sua mãe, vitimada por escarlatina, arrasou-o e deu-lhe ímpeto para iniciar uma saga incansável e doentia à procura da origem da vida. Anos mais tarde Victor usou seus estudos para dar vida a uma criatura ímpar. No entanto, o sucesso de suas pesquisas trouxe-lhe tormento e medo. Abandonando a criatura à própria sorte e desistindo de suas pesquisas Victor fugiu de volta a sua terra natal dando, assim, início a um terrível conto de amor, ódio e vingança. O monstro criado por Frankenstein é uma criatura desesperada e confusa. Procurando desesperadamente um sentido para sua vida e tentando mudar a sorte horrível que se abate sobre sua existência inumana. Seu ódio e o desejo de vingança por Victor são as principais forças motrizes de seus atos.

Dorian Gray, o Imortal

“Eu irei ficando velho, feio, horrível. Mas este retrato se conservará eternamente jovem. Nele, nunca serei mais idoso do que neste dia de junho… Se fosse o contrário! Se eu pudesse ser sempre moço, se o quadro envelhecesse!… Por isso, por esse milagre eu daria tudo! Sim, não há no mundo o que eu não estivesse pronto a dar em troca. Daria até a alma!”

Jovem, bonito, hedonista, boêmio e tantos outros adjetivos similares podem descrever o Sr. Gray. Outrora inocente e inexperiente Dorian – herdeiro de uma grande fortuna – foi seduzido pela falácia de Henry Wotton, um aristocrata hedonista, e, assim abduzido, tornou-se um profundo amante de si mesmo e dos prazeres da vida. Depois que descobriu que a existência de um retrato seu – pintado pelo artista Basil Hallward – lhe dava imunidade aos males mortais (fome, velhice, doenças, etc.) Gray entregou-se totalmente aos prazeres mais ousados e absurdos que poderiam ser permitidos a um homem. Depois de viajar todo mundo e conhecer as mais diferentes culturas e vícios Dorian descobriu-se no meio de uma vida vazia e sem significado, assobrado por fantasmas de amores antigos e perdidos. E agora, amaldiçoado com imortalidade, almeja encontrar um norte, um sentido para sua existência torturada.

Van Helsing, o Caçador de Monstros

“Pelo menos, não estou louco. Devo agradecer a Deus esta graça, depois do que passei. (…) Era, portanto, a casa do Não-Morto, do Vampiro-Rei, responsável por tantos outros. Antes de fazer voltar as mulheres à condição de mortas, com meu horroroso trabalho, espalhei sobre o túmulo de Drácula um pouco da Hóstia e assim o bani para sempre dali”.

Professor de antropologia e filosofia, cientista, ocultista e caçador de monstros. Abraham Van Helsing é uma lenda entre os vivos e os não-vivos. Sua perseverança e determinação são lendárias e seus feitos são mitos entre os povoados da velha Europa. Helsing tem apenas uma missão na vida: caçar os monstros. Seu inimigo mais famoso é o Conde Drácula, governante da Transilvânia. Helsing é profundo conhecedor das artes ocultas usadas na luta contra as trevas. Incansável e destemido perseguirá seus inimigos até as últimas consequências.

Na próxima semana vamos disponibilizar, além de mais personagens, uma ficha personalizada que jogadores e narradores podem usar para criar seus próprios personagens para a Liga 1602.

Imiril Pegrande

Anúncios

10 comentários sobre “Mutantes & Malfeitores: Fichas e Cenário – A Liga Extraordinária 1602 – Parte 1

    1. Agradeço a todos as boas vindas!

      Respondendo à pergunta do Dmitri: ainda veremos por aqui o Allan Quartemain, Sherlock Holmes, Cap. Nemo, Ichabod Crane, Laurence Talbot, dentre outros.

      Para os vilões teremos algumas celebridades também: Jack o Estripador, Mr. Hyde, Drácula e Morgana Le Fey.

      Esperemos ter oportunidade de publicar todos.

      mais uma vez vlw mesmo pela recepção!

    1. Massa que gostou bucaneiro.

      Estamos pensando em disponibilizar uma ficha em branco personalizada para esse cenário. Ela teria os mesmos elementos da ficha pronta, mas seria maior (tamanho de uma folha mesmo) e teria os mesmos campos da ficha oficial.

      Abraços.

  1. Saudações a todos!

    Galera, fiz uns pequenos ajustes nas fichas. Acrescentei o logo do Vila (YEAH!!!), e também corrig uns valores de Carga e Salto que estevam errados… foi maus.

    Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s