Last Night On Earth: The Zombie Game!

Caixa do Jogo
Obra de Arte!

Olá galera! Meu nome é Felipe Maciel e sou do JogaFortal, grupo de amantes de boardgames, de Fortaleza. Fui convidado pela galera do Vila do RPG para trazer a vocês dicas de boardgames, infelizmente, pouco conhecidos no cenário nacional, porém espetacutalares! Preparem-se para adentrar num novo mundo! Longe do War! Bom, vamos lá…

O que você faria se essa fosse sua última noite na Terra? E se você descobrisse que existem zumbis vagando, sedentos em busca de cérebros? Você fugiria ou lutaria? Iria para a igreja rezar ou para a loja de armas? Pois é meus amigos, essa é a premissa de um dos boardgames mais hype do momento, Last Night On Earth (LNoE). Uma verdadeira febre, esse jogo arrasta multidões por onde passo.

Definitivamente o gênero zumbi está na moda. Bons exemplos dessa infestação são  o seriado The Walking Dead, o jogo Left 4 Dead e o filme Zombieland, além do RPG nacional Terra Devastada. Quem não gosta de matar zumbis? É fácil! Eles já estão mortos mesmo!

LNoE se passa em uma pacata cidade do interior dos EUA, que do nada se viu repleta de zumbis. O caos toma conta e seus moradores precisam fazer o que for necessário para sobreviver!  Vale até mesmo amarrar dinamites no seu cachorro, soltá-lo no meio da horda de zumbis e meter bala! Tudo pela (sua) sobrevivência!

O jogo consegue capturar com perfeição esse ambiente e os jogadores se sentem muitas vezes em pânico, acuados por tantos zumbis. Sim, eles são muitos! LNoE é um jogo semi-cooperativo, onde, de um lado  um ou dois jogadores irão representar os zumbis e do outro lado, um a quatro, os heróis. O interessante do jogo é que cada partida tem um objetivo diferente, pois, no inicio são escolhidos os cenários que vão desde “apenas” matar quinze zumbis a salvar a população da cidade (nobre gesto).  Um detalhe importante é que esse objetivo precisa ser cumprido até o anoitecer! Senão… zombies wins!

Vem até CD de trilha sonora!

O clima de uma partida é tenso. Os heróis precisam matar os zumbis e ao mesmo tempo procurar itens que os ajudem tanto a sobreviver como a cumprir o objetivo do cenário. Itens esses que vão desde escopetas e serras elétricas a rosários e livros. O segredo do jogo é achar um equilíbrio entre sobreviver e não perder o foco da missão! Um ponto forte do jogo são os eventos, que são representados por cartas que alteram o curso da partida, dando um clima de suspense, pois são reveladas somente no momento certo. Quem não gostaria de usar uma carta chamada Somente um Arranhão quando fosse perder seu último ponto de vida? Simples, algum herói sortudo!

O jogo se desenvolve da seguinte forma: os zumbis jogam (movendo e atacando) e depois os heróis. Quando voltar para a vez dos zumbis, um turno se passou e o marcador é alterado. Isso gera uma tensão enorme no momento que heróis vêem o tempo passando e a situação permanecendo crítica!

Dados, muitos dados. A sorte no jogo é um fator crucial, entretanto, ela pode ser minimizada com o uso de eventos e itens, uma vez que se ganha bônus com os tais. Um bom exemplo é a carta , que adiciona um dado a mais para um herói. Legal hein? Mas sabe o que é mais legal? Ser zumbi e usar uma carta Perca a Fé! Chupa essa manga!

Minhas miniaturas depois de pintadas!

A qualidade do jogo é F-E-N-O-M-E-N-A-L. Palmas para Jason C. Hill, criador do jogo. O material é super resistente e o design é impecável. As miniaturas e a utilização de atores deram um clima super realístico ao jogo. Muitos me perguntam se veio de um filme! Quem sabe um dia não vire um?

O jogo já conta com várias expansões, que vão desde apenas novos cenários, heróis adicionais e cartas a alterações na mecânica, visando equilibrar o jogo e dar mais opções para ambos os lados. Recomendo a você interessado, comprar logo junto as expansões Growing Hunger e Survival Of The Fittest, que melhoram muito o jogo!

Bom, acredito que deu pra ter uma noção do clima do jogo, para conferir de perto basta comparecer a um dos encontros semanais do grupo Vila do RPG aos sábados na Livraria Feira do Livro e terei o prazer de vos matar! No bom sentido… Deu pra notar que só jogo de zumbi né?. Abraços e até a próxima!

Felipe Maciel

Anúncios

12 comentários sobre “Last Night On Earth: The Zombie Game!

    1. Com certeza, Damião! É um puta jogo! Bastante animado e viciante, hehehehehehe… Não à toa o Felipe disse que arrasta multidões. Nada mais verdadeiro. Todo mundo da Feira do Livro que jogou curtiu pra caramba!

  1. Esse é um marco nos jogos de zumbis por duas razões simples – diversão e simplicidade. Além disso é um jogo que pode ser facilmente modificado e ampliado por qualquer grupo que teha boa vontade, fazendo com que ele dure MUITO mais com muitas missões extras criadas pelo grupo!!!

  2. Primeiramente, bem vindo Felipe! Muito bom o post cara, assim como o jogo em si! Ansioso por ver as resenhas de outros jogos!!

  3. Pow esse jogo pareçe ser otimo, pena que não acho pra comprar, acho que rolaria se alguem começasse a importar e a vender por aqui

  4. Eu so estou esperando o meu chegar para comecar a jogar com os amigos… Deve ser muito viciante..
    Gostei das miniaturas pintadas, tem algum guia que possa me ajudar quando eu for pintar as minhas??

  5. Cara essas minis foram pintadas pelo Felipe Maciel, pelo que sei, ele não usou nem um tipo de manual, foi na raça mesmo, hehe…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s