Tagmar, o 1º RPG nacional está vivo e forte!

“Não existe sorte. Sorte é quando a

PREPARAÇÃO encontra a OPORTUNIDADE.” (Elmer G. Letterman)

O cenário RPGístico na Terra Brasilis sempre foi confuso e na net encontramos centenas, talvez milhares, de discussões a respeito – fora o que já se discutiu em encontros e mesas por todo lugar… Mas sem querer trazer a baile os altos e baixos do RPG nacional e todos os bons sistemas e cenários que não conseguiram vingar nesse solo difícil (um minuto de silêncio por eles) gostaríamos de (re)apresentar o RPG que tem o honorável título de “1º RPG 100% Nacional”. Refiro-me ao Tagmar.

O Tagmar nasceu em 1991 e foi um pioneiro numa época em que projetos brasileiros de RPG se contavam nos dedos. A receita foi a mesma seguida por dezenas de grupo mais tarde: um grupo de amigos se juntou e acreditou que seu cenário/sistema realmente pudesse funcionar. Bom, o que esse grupo teve de diferente da maioria hoje foi a força de vontade e a ousadia para realmente tocar a idéia louca de lançar um RPG Nacional. E lançaram! Tagmar foi distribuído para todo Brasil e conquistou grandes e fiéis seguidores. Infelizmente, nas palavras de um dos autores: “Jogar RPG é fácil, viver dele é bem difícil.” Tempo depois a GSA (editora do Tagmar) fechou e com ela parecia que um bom sistema/cenário iria cair no esquecimento também…

Porém, parte da turma que teve peito pra lançar um RPG nacional, também teria coragem para correr atrás e tomar uma iniciativa quase inédita: tornar seu RPG público, de uso livre, não apenas as regras, mas todo o cenário! Sob a tutela do Marcelo Rodrigues (um dos autores do livro original – que hoje, aliás, é exemplar de colecionador) nasceu em 2004 o Projeto Tagmar 2. Com a difícil missão de provar que a Terra Tupiniquim pode produzir material de qualidade… e gratuito!

O Projeto que começou acanhado e repleto de discussões tomou rumo certo e hoje tem um legado de fazer inveja a muitos cenários/sistemas capitalizados.

  • Site com excelente volume de material.
  • Dezenas de livros para download gratuito, incluindo: expansões para o cenário, regras alternativas, aventuras prontas, contos, etc.
  • Fórum sempre ativo e bem alimentado.
  • Maravilhoso acabamento gráfico (com aquele cheirinho gostoso de old school).
  • Uma equipe que parece incansável na tarefa de continuar produzindo, expandindo e melhorando.
Conheça o conteúdo do Projeto na TagmarPedia.

Um dos mais recentes lançamentos do Projeto é uma Wiki onde estão sendo carregados os conteúdos de todos os livros, além de dezenas de outros materiais não-oficiais, entre adaptações, criaturas, aventuras, fichas, regras alternativas, etc. E um excelente Livro de Criaturas para o cenário (agora em sua versão 2.3) que inclui ao todo mais de 160 criaturas, incluindo descrições e estatísticas de jogo, e se contarmos as variações das criaturas serão mais de 290 bichos diferentes! O bacana é que O Livro de Criaturas 2.3 pode ser lido online diretamente na TagmarPedia ou então pode ser baixado em versão .pdf na página de downloads do Projeto.

Sobre o cenário podemos dizer que é muito vasto e bastante original. Hoje são três grandes livros sobre o tema: O Livro dos Reinos – que descreve o principal cenário de campanha, chamado Mundo Conhecido, que lembra a Idade Média do nosso mundo; O Império – uma terra árida e perigosa, envolta em guerras, beleza exótica, traição e magia; e as Terras Selvagens – morada dos povos bárbaros, um lugar onde a espada e a palavra de um guerreiro ainda são os bens mais valiosos. E se você acha que tais cenários são clichês, engana-se. No projeto os textos primam pela originalidade basta passar a vista no material pra perceber isso.

O visual gráfico é um tanto quanto old school e deixa a turma da “geração xerox” cheia de nostalgia e lágrima nos olhos. O sistema de fantasia clássica, é dependente de classes, tabelas, raças, etc. Para quem não curte basta saber que todos os livros de cenário são independentes de regras e facilmente adaptáveis a qualquer outro sistema RPG.

Dê o primeiro passo com o Kit de Iniciante Tagmar II.

Tudo no projeto é feito de forma democrática (tem direito a voto os participantes do fórum que receberam o título de Heróis do Tagmar por haverem concluído alguma tarefa oficial para o cenário). E os coordenadores sempre conclamam aos amantes do sistema ou aficionados pelo RPG em geral para contribuir com o cenário, regras, ilustrações, criaturas, enfim, é uma oportunidade de tirar da cachola aquela idéia que já está petrificando pelo tempo que está guardada. No site do projeto você pode encontrar mais a respeito de como participar. O calcanhar de Aquiles do Projeto parece mesmo ser o material humano disponível pra tocar pra frente os novos lançamentos e manter o cronograma de atividades, muito embora o pique de lançamentos seja sempre muito bom. Independente do gosto, visitar o site do Projeto e conhecer seus altos e baixos pode ser empolgante para qualquer RPGista que queira tomar bons exemplos de mecânica para tocar seu próprio cenário ou sistema.

É… os tagmarianos provaram que com entusiasmo, dedicação e tempo a “preparação encontra a oportunidade”.

É isso, recomendo fortemente o Projeto Tagmar, seja para jogar ou como exemplo de força de vontade e sucesso pra quem deseja tocar seu próprio projeto RPGístico.

Imiril Pegrande

Anúncios

5 comentários sobre “Tagmar, o 1º RPG nacional está vivo e forte!

  1. Bem, dou todo o apoio ao pessoal do Tagmar, acho realmente um trabalho foda.

    Pessoalmente, posso dizer que não gostei do cenário. Para falar a verdade, não gosto da maioria dos cenários de fantasia, pois acho que todos bebem da mesma fonte. Normalmente, só gosto de cenários extremos, onde uma determinada ideia é muito bem definida (MIDNIGHT, DARK SUN, REINOS DE FERRO).

    É uma iniciativa fudida e espero que dê tudo certo. Iremos divulgar tambem!

    1. Sei como é esse sentimento de “saturação” com a fantasia, Rafão. Pessoalmente, eu tbm estou passando por isso… Como mestre e tbm como jogador. Mas somente pelo fato dos tagmarianos terem mantido o sistema/cenário vivo durante todo esse tempo e ainda por cima tê-lo tornando open source, já merecem nosso respeito. Infelizmente eles não almejam a publicação, apesar da onda old school estar com tudo atualmente e rendendo ótimas críticas Brasil afora.

  2. Cara… eu sou louco por Tagmar!
    Foi o primeiro RPG que joguei (o Tagmar original), e sempre que a galera daqui peita iniciar uma campanha de Tagmar II, que acho muito bom, faço o possível para participar.
    É um sistema relativamente simples se comparado a outros de fantasia medieval disponíveis, o que, nas mãos de jogadores experientes, pode deixar a partida muito divertida!!!

    Saudações de Seto, “o Inseto”, elfo florestal rastreador sem um pingo de juízo.
    (claro que meu 1º personagem de rpg tinha que ser, no mínimo, perturbado mental =P)

  3. Pois é Rafa… de fato… cenários de fantasia tendem a ser semelhantes. Acho que muito mais por conta da diversidade, pois cenários de fantasia contém muitos elementos e por conta disso manter alguns clichês de fora é bem difícil… por outro lado é isso que me atrai neles…

    Da minha parte acho que é maneiro jogar ou narrar num cenário como Tagmar ou Forgotten pois praticamente todo tipo de aventuras é possível sem muito esforço e geralmente os cenários dão suporte a essas aventuras (no caso de Tagmar esse suporte é gratuito – rsrs), pois possuem “N” localidades e backgrounds, seja para rolar aventuras de horror, sobrevivência, aventura, matar-pilhar-destruir, ou apenas um bom e velho “salvar a princesa, matar o dragão e pegar a recompensa”… hehehehe. Por isso o grupo pode definir seu estilo durante o jogo e mudá-lo se enjoar…

    Acho que pelo mesmo motivo prefiro sistemas genéricos, tipo M&M e GURPS e Daemom… fazê o quê né? sou muito volúvel…

    Bom, é isso!
    Abraços camaradas.

    (preparando uma aventura de Tagmar enquanto escreve o romance…)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s