Dica de Fim-de-Semana: Super 8

“Super 8”, o tão aguardado e misterioso projeto de ação e ficção científica da dupla de peso Steven Spielberg e J. J. Abrams, estréia hoje (12 de agosto) no Brasil. Apesar da demora em chegar às salas de cinema brasileiras (o filme teve sua estréia dia 10 de junho nos EUA), “Super 8” vem sendo comentado e divulgado aos poucos na internet há vários meses, envolvendo o público em uma verdadeira teia de suspense em torno da criatura alienígena que é o tema central da história. E por falar nisso, a dupla conseguiu muito bem segurar as pontas, pois somente na véspera da estréia do filme nos Estados Unidos os curiosos puderam conferir a aparência da criatura – apenas parte dela, na verdade… Mas, tratando-se de dois grandes nomes como Spielberg e Abrams, temos a certeza de que o público nerd pode esperar por algo no mínimo intrigante. O filme Super 8, que faz várias referências nostálgicas a produções anteriores de Spielberg (como “Os Goonies”, “Contatos Imediatos de Terceiro Grau” e “E.T. O Extraterrestre”), foi descrito por J. J. Abrams como a primeira parte de um projeto de dois filmes – o segundo, ainda a ser produzido, é uma história de terror envolvendo a famigerada Área 51.

PRODUÇÃO

A película da Paramount Pictures tem ninguém menos que o veterano Steven Spielberg na produção executiva, acompanhado pelo promissor J. J. Abrams na direção – seu primeiro trabalho original no cinema, tendo assumido anteriormente as adaptações “Missão Impossível III” e “Star Trek”. Antes de serem divulgadas maiores informações sobre “Super 8,” muito se especulou, surgindo inclusive boatos de que o filme teria ligações com a produção anterior de Abrams, “Cloverfield – O Monstro”, algo que foi  prontamente desmentido pelo diretor com a frase “Você deve ver o trailer, porém não tem nada a ver com Cloverfield”. O elenco traz como protagonistas a dupla mirim Joel Kurtner (Joe Lamb) e Elle Fanning (Alice Dainard), esta última irmã da talentosa Dakota Fanning. Kyle Chandler (Delegado Jackson Lamb), Noah Emmerich (Coronel Nelec) e Ron Eldard (Louis Dainard) também estão no elenco.

SINOPSE

Durante uma noite do  verão de 1979, um grupo de seis adolescentes de uma pequena cidade de Ohio estão produzindo um filme amador de zumbi com uma câmera modelo super-8. Enquanto filmam, Joe Lamb e sua turma presenciam e registram um grave acidente envolvendo uma picape e um trem de carga, que descarrilha e explode. Dos destroços do trem, abrindo caminho com as próprias mãos através do aço, emerge uma misteriosa e poderosa criatura. Dias após o acidente, estranhos desaparecimentos começam a ocorrer na até então pacata cidade. Durante as investigações desse acontecimentos inexplicáveis, o delegado Jackson Lamb decide evitar o pânico e  tenta encobrir a verdade. Em seguida, um batalhão do exército ocupa a cidade com suas máquinas de guerra, em uma tentativa de capturar a criatura fugitiva. No entanto, mais do que isso, o que de fato querem os militares é encobrir a sinistra realidade, que vai além da compreensão dos simplórios moradores do interior de Ohio.

Confira abaixo o trailer oficial do filme:

SUPER 8 NO RPG

O cenário, ambientação e história de “Super 8” podem ser explorados em qualquer RPG de ficção científica ou suspense/horror – particularmente eu indico o Sistema Daemon (Invasão, especificamente), GURPS ou Storytelling. Durante todo o filme, o mistério impera. A criatura faz suas vítimas na calada da noite, sem deixar testemunhas. O alienígena é visto apenas em reflexos na água, vultos borrados ou envolto em escuridão. Somente no clímax da história – onde temos um pouco mais de ação – é que o público consegue finalmente contemplar o monstro de forma mais clara. Trazer esse clima para uma trama de RPG não é nada difícil. O narrador deve tomar cuidado para que esse clima se mantenha, sempre envolvendo as situações em uma atmosfera escura, com poucos vestígios e principalmente, sem informações concretas a respeito do monstro. Até o clímax da história, como ocorre no filme.

As possibilidades de personagens disponíveis aos jogadores são bastante variadas, e, de acordo com a abordagem da história – sim, pois é possível desenvolver a trama com mais ação ou suspense, de acordo com as preferências do grupo -, podem variar de moradores locais (adultos ou crianças), militares ou até mesmo a própria criatura! Para cenários mais semelhantes ao filme, os personagens mais indicados serão moradores que se deparam com os misteriosos desaparecimentos e mortes causados pela criatura. Ou ainda, militares, em sua caçada pelo alienígena e tentativa de silenciar a população. Em um cenário “às avessas”, os jogadores poderiam interpretar eles próprios os alienígenas fugitivos, tentado desesperadamente reunir recursos para tentar sobreviver e retornar ao seu planeta natal.

Dmitri Gadelha

Curioso, após meses assistindo vários teasers/trailers e querendo ver o alienígena…

Anúncios

5 comentários sobre “Dica de Fim-de-Semana: Super 8

  1. Eu tenho já outra noção quanto ao Spielberg. Ultimamente ele não ta esse balaio todo. E o JJ Abrams só fez mesmo de bom o Star Trek, porque o Lost (na minha opinião) foi o pior seriado da historia, não conseguiram nem explicar aquele final. Quanto ao Fringe, é uma imitação “vendavel” do queridissimo Arquivo-X.
    Esse filme novo pra mim é o famoso: “Só vai vendo”. Tomara mesmo que o Spielberg tenha voltado a fazer algo tão bom quanto seus filmes antigos.

  2. Assisti esse filme ontem! Muito show. Não esperava muito desse filme. Recomendo a todos!

  3. Galera, assisti o filme ontem e curti.

    Não tem nada de extraordinário ou genial, mas vários elementos de fato me lembraram Os Goonies, ET e Contatos Imediatos de Terceiro Grau – sem alienígenas “bonzinhos”, porque o bicho de Super 8 tá mais pra Cloverfield… Não sou lá o maior fã do J. J. Abrams (não curti muito Lost, mas gosto de Fringe), mas acho que cara acertou com Suoper 8.

    Enfim, indico, tanto pra garotada quanto pra quem cresceu assistindo Os Goonies e ET.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s