Tinta & Pena: Terese Nielsen – Prática, prática e mais prática…

É um prazer fazer a primeira postagem do ano! Este ano promete muita coisa nova vindo por aí. Portanto, fiquem atentos ao Vila do RPG. Enquanto isso, vamos conhecer melhor mais um artista de renome no mundo fantástico: Terese Nielsen!

Como jogador casual de Magic e desenhista amador, sempre olho os nomes dos artistas das cartas que mais chamam minha atenção. Sempre que eu lia “Terese Nielsen”, vinha imediatamente à minha mente uma figura masculina. O susto foi grande quando descobri que se tratava de uma mulher! Mulher ou homem, o fato é que eu não achava seus desenhos os mais bem feitos, muito pelo contrário, eu considerava os desenhos de Terese uns dos mais fracos nas coleções de Magic – quem sou eu?! Mas gosto é gosto. O interessante é que ela evoluiu de uma forma tão graciosa que inexplicavelmente passei a gostar de seu trabalho e ver sua arte com outros olhos.

Sua história é inspiradora para qualquer aspirante a artista/desenhista. Terese teve uma origem humilde, na cidade de Aurora, Nebraska, em 1966. Ela e seus irmãos cresceram no campo, com todas as tarefas rígidas que uma fazenda exige. Ao mesmo tempo, as brincadeiras eram fartas e ela com seus irmãos corriam pelas terras da família livremente, exceto no inverno. Aliás, graças ao inverno, Terese desenvolveu suas habilidades com o lápis e papel. Curiosamente, ela não levava o desenho tão a sério como seu irmão gêmeo, Ron Spencer – pois é, ela é irmã de Ron Spencer, outro artista famoso que também fez trabalhos para a Wizards of the Coast – mas seu talento com traços deveria ser genético e acabou falando mais alto. Terese não pensava seguir a carreira de artista até o segundo ano do ensino médio.

Apesar de ter entrado nos estudos de Psicologia e Medicina, Terese acabou desistindo quando não conseguiu superar os obstáculos da Matemática e Química. Foi então que ela resolveu entrar de cabeça nos estudos artísticos e conseguiu, através de muito esforço e noites perdidas de sono, concluir seus estudos em Idaho, na escola de arte de Rick’s College, em Rexburg. Aliás, esforço e empenho foram a chave para o aperfeiçoamento da arte de Terese. O que me lembra a velha lição do escritor pernambucano João Cabral de Melo Neto, que afirmava que a inspiração é apenas parte do processo criativo de um artista, enquanto a transpiração (trabalho, suor, estudo, aperfeiçoamento através de empenho) compõe a maior porcentagem desse processo. Terese Nielsen certamente não compartilharia dessa minha visão por estar agora em um momento espiritualista, mas tenho certeza que seu empenho e prática a tornaram a grande artista que é hoje.

Terese Nielsen - Xena

Depois de graduada, ela foi à Califórnia para estudar na renomada (e cara) Art Center College of Design, em Pasadena. Foi então que ela exercitou suas habilidades psicológicas de satisfazer os professores com os desenhos que eles queriam. Seus colegas invejavam sua capacidade de driblar as críticas dos professores mais exigentes. Tal habilidade ainda perdura, tanto que um dos diretores da Wizards of the Coast a disse que ela era uma das poucas artistas que ele não estigmatizava, que ela fazia tudo certinho. Dizem que ela possui essa incrível capacidade de absorver o que a pessoa quer e materializar no desenho ainda melhor do que a pessoa concebeu.

Após 15 anos de trabalho, Terese acabou passando para um estado mais transcendental de existência, se é que posso dizer assim, e decidiu largar qualquer trabalho que sucitasse violência ou quaisquer outros atos negativos. Foi então que ela recebeu uma proposta de co-criar um jogo chamado Angel Quest, no qual você deveria fazer atos de bondade para ganhar. Terese entrou de cabeça nesse negócio e deliberadamente abriu mão do ganha-pão para elevar sua alma. Segundo ela, o projeto foi um sucesso, se não financeiramente, pelo menos espiritualmente. Ela passou a fazer um ato de bondade por dia para melhorar sua vida e a vida das pessoas ao redor e ela afirma que isso é uma experiência sem igual.

Uma das características mais fortes de seu trabalho são as figuras femininas que ela desenha. Seja intensa, provocante, etérea ou mística, a figura feminina de Terese Nielsen certamente marcará vividamente nossa memória artística, o que não nega suas assumidas influências dos trabalhos de Boris Vallejo e Frank Frazetta. Como técnica, ela usualmente mistura guache com sprays e lápis de cor especiais. Terese também costuma utilizar colagens em alguns trabalhos para levá-los mais além das pinturas tradicionais. Especialmente quando seus objetivos são mais místicos ou transcendentais.

Terese Nielsen já desenhou muito mais de 150 cartas do jogo Magic: The Gathering, dentre elas a mais famosa certamente é uma de suas primeiras: Força de Vontade (Force of Will). Uma mágica até os dias de hoje inigualável e, provavelmente, uma das cartas mais poderosas de todos os tempos do cardgame. Que estréia que ela fez, hein? Claro que, com a evolução do jogo, esta carta passou a ser restrita em campeonatos e praticamente não serve mais para nada a não ser coleção. Ainda hoje, Terese recebe essa carta de fãs e colecionadores ao redor do mundo para ser alterada. Os colecionadores enviam suas cartas Força de Vontade (que são raridade e custam em média R$ 50,00 cada) para Terese e pedem que ela pinte por cima, fazendo alguma alteração que deixe a carta única. Nessa brincadeira, já foram mais de 45 cartas alteradas para fãs por todo o mundo. O curioso dessa carta foi que Terese não tinha muito tempo sobrando para o prazo de entrega, então ela teve que usar uma foto própria como referência. Ela odeia admitir isso, mas é verdade. Segundo ela, tirou uma foto usando apenas uma calcinha no estilo “vovó”, e ela morre de vergonha disso até hoje.

Ainda hoje Terese altera a arte da carta Force of Will, de Magic, feita em 1996. Os fãs adoram!

O currículo dela é invejável também! Dos trabalhos mais proeminentes posso citar a Marvel (Ruins 1 e 2), a Wizards of the Coast (Magic: the Gathering e Star Wars Miniatures), Dark Horse (revistas Star Wars) e Topps (revistas da Xena). Vale a pena conferir o trabalho de Terese Nielsen no blog:

http://teresenielsen.typepad.com/the_world_of_terese_niels/

Por hoje é só, pessoal! Divirtam-se com a arte de Terese Nielsen!

Helton Moreira

Com a mão coçando mais do que nunca para traçar umas linhas…

Anúncios

6 comentários sobre “Tinta & Pena: Terese Nielsen – Prática, prática e mais prática…

  1. Excelente ilustradora, e que história de vida! Realmente, alguém digo de nota. Concordo plenamente com as palavras do nobre escritor João Cabral de Melo Neto; realmente a inspiração não serve muito sem o processo de transpiração, que é a parte mais trabalhosa do processo. A artista sem dúvidas caracteriza bem este processo, prova que empenho e dedicação podem sim lapidar habilidades inatas, sempre melhorando o desempenho.

    Muito orgulhoso por ter alguém tão ligado em ilustrações escrevendo no Tinta & Pena Helton. Parabéns pelo excelente texto e informações.

  2. Nossa, Force a R$50,00 me vende 10 por favor?

    Brincadeira, mas ela devem estar custando algo em torno deste preço em dólares em R$ dependendo do estado custa uns 150-160 até 180 reais.

    Parabéns pelo excelente texto!

  3. Excelente post, parabéns, Helton .
    Quando eu jogava Magic, também gostava de ver quais eram os aristas que criavam as cartas, meus preferidos são Kev Walker, Greg Staples, Rebeca Guay, John Avon e Di Terlizi.
    Não fazia ideiaque a Terese Nielsen era irmão do Ron Spencer (Bíscele Serrilhado era um desenho dele que eu gostava).
    Interessante que seus estilos sejam totalmente distintos.
    Ótimo site o de vocês.
    Valeu.

    1. Valeu Jacques! Realmente, Terese e Ron tem estilos bem diferentes. Era impossível saber que eram irmãos.

      Também sempre gostei dos mesmos artistas que você comentou! Principalmente o Greg Staples, que será um dos nossos próximos Tinta & Pena.

      Obrigado pelos comentários. Comente sempre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s