Usando a história de Starcraft em campanhas de 3:16

Olá, amigos! Estou de volta com mais material de referência para campanhas de 3:16 usando o universo do game Starcraft como cenário. No post de hoje, lhes apresento dois vídeos dublados em português que narram resumidamente o metaplot (história geral do cenário) do primeiro Starcraft e sua expansão Starcraft Brood War. Esse material serviu de base para a elaboração da minha primeira narrativa de 3:16 Carnificina nas Estrelas, a aventura O Despertar do Enxame, que vocês estão conferindo os relatos de jogo aqui no blog. Apesar dos vídeos contarem a história de forma bastante resumida, narradores que estejam procurando por ganchos para montar algumas missões de 3:16 no cenário de Starcraft com certeza irão ter boas ideias para seu jogo. Após assistirem os vídeos, confiram ainda algumas dicas de como começar uma campanha de 3:16 usando essa história.

Starcraft – Uma Nova Era

Starcraft – Futuro Incerto

Dos games para 3:16

Soldados da Confederação: Nesse cenário os jogadores interpretam soldados do tirânico governo da Confederação, combatendo ao mesmo tempo os selvagens zergs, os enigmáticos protoss e os rebeldes liderados por Acturus Mengsk. As missões devem ser ações verdadeiramente destrutivas, com uma variedade grande de inimigos a ser combatidos, como se todo o espaço terrano estivesse à beira do colapso – e de fato está! Os personagens geralmente serão nativos dos planetas do centro do setor Koprulu, onde o governo dedica a maior parte de seus recursos e esforços, tendo construindo um estilo de vida sofisticado e repleto dos confortos que a tecnologia e o dinheiro podem oferecer. É interessante que o narrador inclua nas missões cenas em que seja possível questionar os métodos da Confederação, dando a possibilidade dos jogadores pensarem sobre seu papel na guerra que dividiu o setor Koprulu.

Filhos de Kohral: Esse cenário representa o outro lado da moeda no cenário acima. Os jogadores interpretam soldados rebelados, que desertaram das fileiras confederadas e aderiram à causa de Mengsk. Os personagens podem tanto ser nativos de planetas centrais que não concordam com a política tirânica da Confederação (como Arcturus Mengsk) ou habitantes doas planetas mais afastados que sofrem com o abandono (como Jim Raynor). As missões devem ter como objetivo principal a expansão da rebelião, tendo os zergs nos seus calcanhares, como um inimigo ocasional – ou como uma possível arma a ser utilizada na causa rebelde… Como pano de fundo, é possível explorar também a degradação dos ideais de Arcturus Mengsk – que rapidamente passa de idealista a tirano – e criar situações onde os jogadores se vejam em conflitos morais e ideológicos.

Guerreiros da Supremacia: Essa opção de cenário é muito semelhante à primeira. Os jogadores irã interpretar soldados do governo construído pelo antigo rebelde – agora auto proclamado Imperador – Arcturus Mengsk. Os personagens serão autoritários membros das forças militares da Supremacia, soldados que levam a ordem aos confins do setor Koprulu. As missões deverão se concentrar em ações de combate à rebelião liderado por Jim Raynor, que espalha uma “febre de terror” pelo setor. Ao mesmo tempo, os PJs lutam contra o ressurgido Enxame Zerg, liderado por sua rainha em busca de vingança, Kerrigan, a Rainha das Lâminas. Durante as missões, situações de tirania e injustiça devem ser comuns (por PNJs e talvez por PJs), demonstrando que o novo governo se tornou ainda pior que o anterior, corrompido pela ganância e corrupção de um ditador megalomaníaco.

Saqueadores de Raynor: Nessa opção de cenário, os jogadores serão membros das forças que compõem o movimento rebelde liderado pelo antigo herói de guerra Jim Raynor, em sua busca implacável por justiça e vingança. Missões típicas para esse cenário serão ações de assalto, guerrilha e sabotagem contra a Supremacia, em busca de recursos e recrutas para a causa libertária de Raynor – ou ainda missões mais “independetes”, como busca de antigos artefatos alienígenas. Os personagens poderão ser desde soldados desertores da Supremacia a colonos dos planetas mais distantes, que decidiram erguer as armas contra a tirania do Imperador Mengsk. As tramas devem incluir conspirações, paranóia e traição, pois os rebeldes são vistos pelos planetas centrais do setor Koprulu como verdadeiros terroristas, alvo de campanhas publicitárias encabeçadas pelo próprio Imperador.

Dmitri Gadelha

Ex soldado da Supremacia e atual guerrilheiro dos Saqueadores de Raynor…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s